Governo visa “falsos” saldos em nova proposta legislativa

Projecto de decreto-lei que altera lei dos saldos de 2007 já foi enviada ao Conselho Nacional de Consumo

Foto
Preço em saldo passa a ter que ser inferior ao valor mais baixo praticado nos três meses anteriores na mesma loja Fabio Augusto

Os períodos de saldos deveriam ser, por norma, época para escoar restos de colecção e por isso a valores mais baixos que o normal, mas nem sempre é essa a percepção de quem compra. Uma proposta governamental vem agora estabelecer uma metodologia que define com maior detalhe como se encontra o preço em saldo, conferindo-lhe um enquadramento de comparação temporal.