Dois socorristas da Cruz Vermelha morreram em despiste de ambulância em Moura

As vítimas são elementos da unidade de socorro da delegação de Safara e Sobral da Adiça da Cruz Vermelha Portuguesa, que seguiam na ambulância para um serviço de urgência. Há ainda um ferido grave.

Acidente
Foto
Adriano Miranda

Dois homens morreram e um ficou ferido com gravidade na sequência do despiste de uma ambulância ocorrido esta terça-feira na Estrada Nacional 258, no concelho de Moura, distrito de Beja, disseram fontes da GNR e da Protecção Civil.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja indicou à agência Lusa que as vítimas são elementos da unidade de socorro da delegação de Safara e Sobral da Adiça da Cruz Vermelha Portuguesa, que seguiam na ambulância para um serviço de urgência.

O acidente ocorreu entre Safara e Santo Aleixo da Restauração, de acordo com a fonte da GNR.

As vítimas mortais têm 49 e 51 anos, segundo a GNR, não tendo sido indicada a idade do ferido grave.

O CDOS adiantou que o ferido foi transportado para o hospital de Beja.

Segundo o CDOS, o alerta para o acidente foi dado às 22h06, tendo sido mobilizados para o local operacionais e veículos dos Bombeiros Voluntários de Moura, uma viatura de Suporte Imediato de Vida, de Moura, e uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER), de Beja, além da GNR.

As operações de socorro envolveram 22 operacionais apoiados por nove viaturas.