Unsplash
Foto
Unsplash

Trinta jovens de seis países vão ser “veículos de mudança” em Chaves

A associação Inspira! - Intervenção Juvenil e Ambiental vai juntar esta semana em Chaves 30 voluntários de organizações não-governamentais de seis países europeus.

A associação Inspira! concretiza, entre terça-feira, 7 de Maio, e o dia 16, em Chaves um projecto europeu que quer impulsionar os jovens a serem “veículos de mudança”, estimulando-os a agir nas zonas isoladas onde residem.

O projecto Back to origins! - Youth changing rural areas ("Regresso às origens! - Jovens a mudar as áreas rurais”, numa tradução livre) é coordenado pela Inspira! - Intervenção Juvenil e Ambiental e vai juntar em Chaves 30 voluntários de organizações não-governamentais, com idades entre os 18 e 30 anos, provenientes de seis países europeus.

“Acima de tudo, o projecto visa estimular os jovens locais a agir e a criar as suas próprias ideias e projectos em Chaves, explorando a premissa de ‘porquê sair’, quando podemos ficar e tornar isto naquilo que queríamos que fosse”, afirmou o presidente da Inspira!, Renato Teixeira Gil.

De acordo com o responsável, o objectivo é “reforçar, assim, a posição dos jovens flavienses como veículos de mudança para a situação da comunidade”. Os jovens voluntários são, segundo referiu a associação em comunicado, oriundos de zonas rurais e isoladas de países do sul da Europa e “trazem as suas experiências e conhecimentos em criar projectos em contextos de decadência e desprezo político e geográfico” que vão utilizar “para ajudar a desenvolver ideias de intervenção” para este concelho do distrito de Vila Real.

Até 16 de Maio, os participantes vão organizar workshops, formações, debates, simulações, intervenções de rua e peddy-papers pelas atracções da cidade, envolvendo também a população jovem local nas mesmas. O intercâmbio culminará com uma sessão de apresentação, aberta à população, das ideias e projectos construídos pelos grupos de jovens para a cidade, na qual estarão presentes as escolas, decisores políticos e empreendedores locais.

PÚBLICO -
Foto

O projecto é financiado pela Agência Nacional Erasmus+ Juventude em Acção e conta com a participação de jovens de Portugal, Espanha, Itália, Croácia, Turquia e Bulgária. Em Agosto, um outro grupo de jovens internacionais deslocar-se-á a esta cidade para realizar acções de educação e intervenção ambiental.

“O objectivo do nosso trabalho europeu é, a longo prazo, mudar o paradigma da juventude na cidade e região, promovendo a criação de oportunidades, o empreendedorismo jovem, a dinamização cultural e social e, acima de tudo a alteração da mentalidade e atitude da comunidade flaviense em relação aos seus jovens”, salientou Renato Teixeira Gil. A associação foi criada pela “necessidade de criar programas para os jovens e promover a educação ambiental” em Chaves.