ERWAN HESRY/UNSPLASH
Foto
ERWAN HESRY/UNSPLASH

Há dez mil euros à mão de semear para o teu projecto agro-alimentar

O Instituto Europeu de Inovação e Tecnologias tem 15 mil euros para atribuir aos melhores projectos europeus na área da saúde da população, ambiente e transparência.

Depois de distinguir dois projectos que previam a absorção da humidade na rega de plantas e o controlo eficiente do cultivo, o prémio de inovação do Instituto Europeu de Inovação e Tecnologias (EIT) está de volta para consagrar as iniciativas mais promissoras na área da indústria agro-alimentar, através do EIT Food. Os vencedores do concurso, que vai na segunda edição, beneficiarão, além de um prémio de dez mil euros, da integração numa rede europeia de startups e outros projectos dinamizados no contexto da indústria alimentar, nomeadamente um programa de aceleração para jovens empresas.

Esta inclusão poderá representar um ganho acrescido devido ao contacto frequente com as novidades da indústria em contexto comunitário, mas também em termos de visibilidade, face à atenção dada pela comunicação social às empresas vencedoras depois da conquista dos prémios.

O EIT Food, que integra a Comunidade de Conhecimento e Inovação, tem como principais metas a renovação do sector alimentar europeu, a melhoria na qualidade de vida da população e o controlo do impacto que a actividade do sector alimentar pode ter em termos ambientais. Como tal, a organização abre a porta a todas as startups e ideias europeias que operem na área da saúde da população, ambiente e transparência.

As candidaturas podem ser submetidas até 12 de Maio e os dez finalistas, que serão apurados por entidades externas ao seu país de origem, marcarão presença no EIT Food Portugal DemoDay, um evento que contará com a presença de investidores, startups, empresas e empreendedores da área e em que o networking é a palavra de ordem. Numa fase mais avançada, os finalistas vão receber formação e terão a oportunidade de apresentar as suas ideias numa exposição que decorrerá em formato pitch. Através desta prova serão escolhidas as empresas vencedoras. À primeira classificada serão atribuídos dez mil euros e à segunda cinco mil.

Na edição de 2018, candidataram-se ao prémio EIT 43 projectos portugueses, com a TERRAPRO, uma das representantes nacionais, a consagrar-se vencedora. Segundo dados divulgados pelo EIT Food, quase nove mil milhões de pessoas vivem actualmente em grandes cidades, três mil milhões sofrem de excesso de peso e dois mil milhões carecem de alimentos.