Carlos César: “Parece-me difícil um Governo integrado pelo BE e pelo PCP”

Carlos César acredita que a nova Lei de Bases da Saúde ainda pode ser aprovada à esquerda. Mas sobre o seu futuro pessoal lança a dúvida. Está decidido, mas só ele e o primeiro-ministro sabem qual será.

Fotogaleria
Carlos César
Marcus Antonius
Fotogaleria
Carlos César

O líder parlamentar e presidente do PS, Carlos César, admite deixar de ser deputado na próxima legislatura e retira-se da corrida a presidente da Assembleia da República, mas não explica se vai integrar uma próxima equipa governativa. É, contudo, categórico a afirmar: “Parece-me difícil um Governo integrado pelo BE e pelo PCP.”