Da Lua para a Terra, o livro da Apollo 11 vai a leilão

Livro com anotações e procedimentos a tomar durante a missão da Apollo 11 à Lua vai ser leiloada pela Christie’s. O documento contém anotações de Edwin E. Aldrin, piloto do módulo lunar Eagle.

Fotografia datada de 1969, quando o homem pisou pela primeira vez a Lua
Foto
Fotografia datada de 1969, quando o homem pisou pela primeira vez a Lua NASA

O livro com o cronograma da alunagem do módulo lunar da missão Apollo 11 será leiloado pela Christie’s, em Nova Iorque, a 18 de Julho. O livro narra detalhadamente toda a viagem do Eagle desde a primeira inspecção até aterrar e descolar na superfície lunar. O documento contém cerca de 150 anotações e procedimentos obrigatórios que foram escritos e verificados por Neil Armstrong e Edwin E. Aldrin antes da histórica alunagem na Lua, a 20 de Julho de 1969.

O manual foi um dos documentos mais importantes para o sucesso da missão. No Verão de 1969, quase seis anos depois do assassinato do Presidente dos EUA, John F. Kennedy, em Dallas, o comandante Neil Armstrong e o piloto do módulo lunar, Edwin E. Aldrin, fizeram história ao aterrar o Eagle no Mar de Tranquilidade, uma extensa planície formada por rocha vulcânica oriunda de antigas erupções. Completaram a alunagem com apenas cerca de 25 segundos restantes de combustível.

PÚBLICO -
Foto
Detalhe das coordenadas de aterragem escritas pelo piloto do módulo lunar Christie's

“Houston, daqui Tranquility Base. O Eagle aterrou”, foram estas as primeiras palavras de Armstrong para o centro de controlo da missão após aterrarem. Daí a instantes, Aldrin assinalaria na décima página do bloco as coordenadas do módulo lunar no meio da imensidão do Mar de Tranquilidade — esta foi também a primeira vez que um humano escreveu fora da Terra.

PÚBLICO -
Foto
Plano de voo usado por Neil Armstrong e Edwin E. Aldrin christie's

Depois da alunagem, Armstrong dirigiu-se para a escada do módulo e pisou pela primeira vez a superfície lunar. A seguir, veio a frase que ficou para a história: “Um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade”.

O livro estará em exposição na Christie’s de Nova Iorque, de 4 a 15 de Maio, e depois passará pelo escritório da leiloeira em Hong Kong (24 a 27 de Maio) e em Pequim (13 a 16 de Junho). Também serão anunciadas datas para São Francisco e Seattle. O preço estimado do documento rondará os sete milhões de dólares (cerca de seis milhões de euros).