O negócio da SIVA vale só um euro?

Cerca de 370 milhões de euros de créditos sobre a SAG e a SIVA – dos quais pelo menos 116 milhões da banca – são “extintos por remissão” no âmbito de acordos de reestruturação financeira do grupo de João Pereira Coutinho. SAG vai deixar de estar dispersa em bolsa.

Foto
SEBASTIEN NOGIER/LUSA

A construtora automóvel alemã Porsche anunciou esta quarta-feira que pretende assumir a gestão da Sociedade de Importação de Veículos Automóveis (SIVA) – a principal empresa do grupo SAG – ainda este ano, depois do anúncio do acordo para garantir a continuidade das operações em Portugal. Os credores subordinados aceitaram a extinção de 370 milhões de euros de créditos, com a banca a aceitar “perdoar” 116 milhões de euros de dívidas da SIVA e da SAG.