Xavi anuncia retirada no final da temporada

Foi terceiro classificado na lista de votações da Bola de Ouro em 2009, 2010 e 2011.

,Jogador de futebol
Foto
Reuters/GUSTAU NACARINO

O espanhol Xavi Hernández, antigo médio do FC Barcelona, actualmente ao serviço do Al Sadd treinado por Jesualdo Ferreira, anunciou esta quinta-feira a decisão de encerrar a carreira profissional de futebolista, no final da época, para abraçar a de treinador.

“É um privilégio poder jogar futebol até aos 39 anos e gostava de terminar esta época com a conquista da Taça e a qualificação para a próxima fase da Liga dos Campeões asiática. É a minha última época enquanto jogador, mas estou desejoso de ver o que me reserva o futuro como treinador”, afirmou o médio, 133 vezes internacional por Espanha (13 golos), em carta aberta.

Um dos grandes jogadores do Barcelona e do futebol mundial, com mais de 500 jogos e quatro Ligas dos Campeões conquistadas, Xavi explicou ainda que se enquadra na filosofia de jogo do holandês Johan Cruyff e da academia de formação dos catalães.

Depois de jogar pelos “culés” entre 1998 e 2015, Xavi mudou-se para o Qatar, onde se sagrou este ano campeão, numa equipa orientada por Jesualdo Ferreira, naquele que considera ter sido “um final perfeito para a carreira no Qatar”.

Terceiro classificado na lista de votações da Bola de Ouro em 2009, 2010 e 2011, Xavi foi um dos jogadores essenciais para que a Espanha vencesse três torneios internacionais seguidos: Euro2008, Mundial2010 e Euro2012.