FC Porto chega pela primeira vez à final da Youth League

Os “dragões” fizeram história ao alcançar, pela primeira vez, a final da prova europeia. Os portistas ultrapassaram os alemães do Hoffenheim por uma margem confortável de três golos sem resposta.

O luso-guineense Romário Baró abriu caminho ao triunfo dos portistas, através da conversão de um livre directo.
Foto
O luso-guineense Romário Baró abriu caminho ao triunfo dos portistas, através da conversão de um livre directo. UEFA.COM

A equipa de sub-19 do FC Porto conquistou nesta sexta-feira um bilhete de ida à final da UEFA Youth League. Pelo segundo ano consecutivo nas meias-finais da competição, a formação portista bateu o Hoffenheim por 3-0, em Nyon, Suíça. Numa partida tranquila, Romário Baró, ainda na primeira parte, Fábio Silva e Tiago Matos foram os autores dos golos. Pela primeira vez na final da prova, a equipa portuguesa jogará frente ao Chelsea.

O encontro desta primeira meia-final começou com iniciativas de ambos os lados, mas foi o FC Porto que chegou primeiro à vantagem. À passagem do minuto 39, de livre directo, Romário Baró rematou colocado à baliza de Klein e inaugurou o marcador. O jogo foi para intervalo com os portistas a vencer pela margem mínima.

Nos segundos 45 minutos, os “dragões” não tiveram problemas em tomar conta da partida e foram donos da maioria das ocasiões de perigo. No entanto, apenas a cerca de um quarto de hora do final é que os “azuis-e-brancos” acabaram com as esperanças dos alemães. Vítor Ferreira recuperou a bola no meio-campo adversário e lançou Fábio Silva, que, na cara do guardião do Hoffenheim, rematou para o poste mais distante. Quase a terminar o encontro, o recém-entrado Tiago Matos ditou o resultado, encostando a bola numa baliza sem guarda-redes, após uma boa combinação entre vários jogadores do FC Porto.

Com este desfecho, a formação portuguesa garante, pela primeira vez, a passagem à final da UEFA Youth League. Em 2018, a equipa ficou pelo caminho, ao perder com o Chelsea nas meias-finais, num desempate por grandes penalidades, após uma igualdade a duas bolas no tempo regulamentar. O FC Porto torna-se assim no segundo clube português a discutir este troféu, depois de Benfica ter sido finalista por duas vezes, em 2014 e 2017. Os “dragões” vão agora defrontar o Chelsea na final a disputar a 29 de Abril, em Nyon, Suíça.