A ministra, os médicos e os enfermeiros: seis meses de relações tensas

Os bastonários dos Médicos e dos Enfermeiros, assim como os vários sindicatos representantes das duas profissões, não têm poupado críticas às declarações e actuações da ministra Marta Temido.

Marta Temido
Foto
LUSA/TIAGO PETINGA

Passaram seis meses desde que Marta Temido assumiu funções como ministra da Saúde (15 de Outubro do ano passado) e desde então que o clima de tensão que já se tinha iniciado com o seu antecessor tem crescido. Os bastonários dos Médicos e dos Enfermeiros, assim como os vários sindicatos representantes das duas profissões, não têm poupado críticas às declarações da ministra.