Associação de clubes europeus defende “subidas e descidas” na Champions

O futuro formato da Liga dos Campeões tem sido alvo de muito debates.

O futuro formato da Liga dos Campeões está a ser debatido
Foto
O futuro formato da Liga dos Campeões está a ser debatido LUSA/GUILLAUME HORCAJUELO

O presidente da Associação Europeia de Clubes (ECA), o italiano Andrea Agnelli, defendeu nesta quinta-feira a criação de um sistema de promoção e descida na Liga dos Campeões de futebol.

O “patrão” dos italianos da Juventus escreveu uma carta a 232 clubes europeus, na qual defende “jogos europeus com mais qualidade desportiva e num ambiente de maior competitividade”, a todos os níveis.

Uma ideia que aponta para mais jogos entre os clubes de elite na Liga dos Campeões após 2024, período em que termina o modelo definido para as épocas entre 2021 e 2024, e que já prevê na Liga Europa uma redução de equipas e a criação de uma terceira competição.

O dirigente pretende um sistema piramidal, que, defende, dará “continuidade e oportunidade a um crescimento a partir de dentro” e que aplicará, numa perspectiva “dinâmica”, “a subida e descida” de clubes.

Para Agnelli, a entrada na Champions deverá ser feita com base “no mérito desportivo e não nos privilégios históricos”, adiantando que as competições europeias seriam abertas “a todos - mantendo o sonho vivo”.

O comité executivo da ECA reunirá em Assembleia Geral extraordinária em 6 e 7 de Junho em Malta, numa reunião em que a agenda de trabalho focará as competições de clubes da UEFA após 2024.