Noah Buscher / Unsplash
Foto
Noah Buscher / Unsplash

Uma mão-cheia de minidocumentários e inspiração para o Dia da Terra

De Greta Thunberg às casas do futuro. No Dia da Terra, damos-te cinco sugestões de minidocumentários. Todos disponíveis online (gratuitamente) e prontos a mudar o mundo.

Wasted Waste, um documentário sobre o desperdício que é o lixo​


Não é a “necessidade” que leva as pessoas retratadas no filme Wasted Waste a “sobreviverem com o mínimo ou mesmo sem dinheiro”. Os freegans, a junção das palavras free com veganismo, “rejeitam qualquer forma de exploração humana e animal” e tentam viver sem desperdício. Em Portugal, o movimento é ainda escasso — mas o realizador Pedro Serra explica aqui as razões de quem já decidiu aderir.

Ele vai produzir (ou apanhar) todos os alimentos que vai comer durante um ano


É mais um desafio a que Rob Greenfield se propôs. Durante um ano, o norte-americano vai sobreviver só com a comida que produz e apanha na natureza: nada de mercados, restaurantes ou vingar-se nas festas de amigos e família. Tudo isto enquanto vive na cidade — Orlando, Flórida — numa casa de nove metros quadrados que ele próprio construiu. E sem quintal. Neste vídeo, publicado há pouco mais de um mês, ele conta como está a correr a aventura. 

Greta Thunberg: por causa dela, os jovens lembraram-se de que tinham voz


É sueca, tem 16 anos e quer que os líderes mundiais entrem em pânico: ainda há quem não tenha ouvido falar em Greta? A activista está nomeada para o Prémio Nobel da Paz e fez acordar uma geração que, até agora, ainda não se tinha manifestado. “A crise do clima é a maior crise que a humanidade já enfrentou. E ainda assim está a ser ignorada há décadas”, diz, uma e outra vez. “Se os adultos não assumem a responsabilidade, temos de ser nós a fazê-lo.” O portal Great Big Story apresenta o fenómeno em oito minutos.

As casas do futuro? Meet the Earthship


São feitas de lixo como pneus e garrafas e parecem saídas de um filme com hobbits — o que é que, afinal, torna estas casas tão atractivas? Estas moradias, conhecidas como earthships, prometem ser auto-suficientes e capazes de resistir a crises. “O que importa se há um crash económico? O que importa se a política não funciona? As pessoas continuam no comando das suas vidas.” Adepto de um mundo mais limpo e preocupado com a devastação ambiental desde os anos 70, Michael Reynolds focou-se a desenvolver casas auto-suficientes em água, energia, saneamento e alimentação. Vale a pena conhecê-lo, e às suas criações, neste documentário do podcast The Adaptors.

"Isto parece-vos lixo?”: mergulhar num contentor para resgatar comida


Há alimentos perfeitos a irem para o lixo todos os dias. Tudo porque já não ficam bem nas prateleiras dos supermercados. Anna Masiello mostrou ao P3 como luta contra uma sociedade de consumo que descarta tudo o que desça o limiar do mais-que-perfeito. Para mergulhar aqui.