Mundo presta homenagem às vítimas do Sri Lanka

Homenagem à porta de uma igreja em Peshawar, Paquistão Reuters/Fayaz Aziz
Fotogaleria
Homenagem à porta de uma igreja em Peshawar, Paquistão Reuters/Fayaz Aziz

Paquistão, Índia, Dinamarca, Espanha e Rússia são alguns dos países que prestam homenagens às vítimas das oito explosões que ocorreram no Sri Lanka, no Domingo de Páscoa. Segundo o mais recente número oficial, os atentados fizeram, pelo menos, 290 mortos e 500 feridos.

Em Lahore, Paquistão, vários membros de uma minoria cristã paquistanesa e clérigos muçulmanos acendem velas pelas vítimas
Em Lahore, Paquistão, vários membros de uma minoria cristã paquistanesa e clérigos muçulmanos acendem velas pelas vítimas EPA/RAHAT DAR
Em Lahore, Paquistão, vários membros de uma minoria cristã paquistanesa e clérigos muçulmanos acendem velas pelas vítimas
Em Lahore, Paquistão, vários membros de uma minoria cristã paquistanesa e clérigos muçulmanos acendem velas pelas vítimas Reuters/MOHSIN RAZA
Em Lahore, activistas paquistaneses assinalam a morte das vítimas das explosões que ocorreram no Domingo de Páscoa
Em Lahore, activistas paquistaneses assinalam a morte das vítimas das explosões que ocorreram no Domingo de Páscoa EPA/RAHAT DAR
Homenagem em Lahore. Os atentados do Sri Lanka entraram na lista de atentados mais mortíferos desde o 11 de Setembro
Homenagem em Lahore. Os atentados do Sri Lanka entraram na lista de atentados mais mortíferos desde o 11 de Setembro EPA/RAHAT DAR
Bangalore, Índia: membros de diferentes organizações não-governamentais erguem cartazes durante vigília pelas vítimas dos atentados
Bangalore, Índia: membros de diferentes organizações não-governamentais erguem cartazes durante vigília pelas vítimas dos atentados EPA/JAGADEESH NV
Bangalore, Índia. O governo do Sri Lanka anunciou que pelo menos cinco trabalhadores de um partido político indiano estão entre os 290 mortos dos ataques de domingo
Bangalore, Índia. O governo do Sri Lanka anunciou que pelo menos cinco trabalhadores de um partido político indiano estão entre os 290 mortos dos ataques de domingo EPA/JAGADEESH NV
Bangalore, Índia. O Governo do Sri Lanka acredita que os responsáveis pelos atentados deste domingo pertencem ao grupo islamista National Thowheed Jamath, que tem um historial de ataques à religião budista
Bangalore, Índia. O Governo do Sri Lanka acredita que os responsáveis pelos atentados deste domingo pertencem ao grupo islamista National Thowheed Jamath, que tem um historial de ataques à religião budista EPA/JAGADEESH NV
Bangalore, Índia. A Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) anunciou ter enviado uma equipa de resposta a incidentes para o Sri Lanka
Bangalore, Índia. A Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) anunciou ter enviado uma equipa de resposta a incidentes para o Sri Lanka EPA/JAGADEESH NV
Flores e velas em frente ao prédio de escritórios do grupo de vestuário Bestseller, em Aahus, Dinamarca. O proprietário Anders Holch Povelsen perdeu três dos seus quatro filhos nos ataques terroristas.
Flores e velas em frente ao prédio de escritórios do grupo de vestuário Bestseller, em Aahus, Dinamarca. O proprietário Anders Holch Povelsen perdeu três dos seus quatro filhos nos ataques terroristas. EPA/Bo Amstrup
Aahus, Dinamarca. Anders Holch Povlsen, milionário dinamarquês, é o principal acionista da marca de compras online ASOS
Aahus, Dinamarca. Anders Holch Povlsen, milionário dinamarquês, é o principal acionista da marca de compras online ASOS EPA/Michael Drost-Hansen
Bandeira dinamarquesa a meia haste, no sul de Aahus, Dinamarca
Bandeira dinamarquesa a meia haste, no sul de Aahus, Dinamarca EPA/Ernst van Norde
Em Pontevedra, no noroeste de Espanha, a bandeira está a meia haste em memória dos dois espanhóis que morreram nos atentados no Sri Lanka
Em Pontevedra, no noroeste de Espanha, a bandeira está a meia haste em memória dos dois espanhóis que morreram nos atentados no Sri Lanka EPA/Lavandeira jr
Várias pessoas colocam flores à entrada da embaixada do Sri Lanka em Moscovo, na Rússia
Várias pessoas colocam flores à entrada da embaixada do Sri Lanka em Moscovo, na Rússia EPA/YURI KOCHETKOV
Moscovo
Moscovo EPA/YURI KOCHETKOV
Um rapaz paquistanês protesta em Carachi, no Paquistão, com cartaz escrito em língua urdu: “Condenamos fortemente as explosões no Sri Lanka”
Um rapaz paquistanês protesta em Carachi, no Paquistão, com cartaz escrito em língua urdu: “Condenamos fortemente as explosões no Sri Lanka” EPA/SHAHZAIB AKBER
Carachi, Paquistão. Há 39 turistas de todo o mundo entre os mortos das explosões de Domingo de Páscoa
Carachi, Paquistão. Há 39 turistas de todo o mundo entre os mortos das explosões de Domingo de Páscoa EPA/SHAHZAIB AKBER
Professores seguram velas enquanto rezam pelas vítimas, numa escola em Ahmedabad, Índia
Professores seguram velas enquanto rezam pelas vítimas, numa escola em Ahmedabad, Índia Reuters/AMIT DAVE
Sugerir correcção