Paulo Pimenta
Foto
Paulo Pimenta

Leilão solidário junta mais de 100 livros autografados para apoiar a Animais de Rua

As obras a leiloar foram assinadas por 70 escritores e podem ser licitadas entre 20 e 30 de Abril. Todo o dinheiro recolhido destina-se a ajudar a associação de animais.

Para ler e folhear, basta ajudar. De 20 a 30 de Abril, a Animais de Rua promove a terceira edição do Leilão Literário Solidário, com mais de 100 livros autografados e doados por 70 autores e respectivas editoras. As licitações, a ser feitas na página de Facebook da associação, começam nos cinco euros. O leilão pretende não só promover a leitura, mas também apoiar a organização.

Este ano, o leilão divide-se em duas fases. A primeira, que decorre de entre 20 e 22 de Abril, é dedicada ao trabalho de Valter Hugo Mãe. A Animais de Rua vai leiloar duas ilustrações do escritor, criadas exclusivamente para a associação, e ainda a obra Cristão de Vanguarda, que está fora de mercado. As licitações deverão começar nos dez euros, com incrementos mínimos de um euro.

Precisamente no Dia Mundial do Livro —​ 23 de Abril —​ começa a segunda fase. Até 30 de Abril, os interessados poderão licitar mais de uma centena de obras, adornadas com as assinaturas dos respectivos autores, como Mário de Carvalho, José Luís Peixoto, Alice Vieira ou Richard Zimler, de quem partiu esta ideia, em 2017. A base de licitação cai para os cinco euros, mantendo-se o acrescento mínimo de um euro. A totalidade do dinheiro auferido será revertido para a Animais de Rua. Além disso, todos os exemplares serão ainda acompanhados por um marcador de livros da ilustradora Inês Veloso.

No final de cada leilão, os vencedores serão contactados através do Facebook e terão três dias para entrar em contacto com a Animais de Rua e confirmar a aquisição dos livros. Os exemplares serão depois enviados para as casas dos compradores entre 1 e 10 de Junho.

A presente edição conta com mais 15 escritores do que os 55 que colaboraram nos dois anos anterioresFundada em 2005, a associação intervém junto de animais abandonados, esterilizando-os e prestando outros cuidados. Além disso, também incentiva e promove outras acções de protecção e conforto dos animais, como a adopção.