La politica è mobile: o caso do Cidadãos em Espanha

O exemplo do Cs é fascinante: como pode um alargamento do eleitorado mudar a face de um partido?

A deslocação do Cidadãos (Cs), de Albert Rivera, do centro para a direita, passando a defender uma aliança de governo com o Partido Popular, é um dos mais marcantes factos da campanha eleitoral espanhola. A média do eleitorado (não os eleitores de Rivera) vê hoje o Cs como um partido de direita e, para os eleitores do PSOE, até à direita do PP. A entrada em cena do Vox, extrema-direita, envenenou a disputa eleitoral criando a figura de um “tripartido da direita” (PP, CS, Vox) em competição com a aliança PSOE-Podemos. O caso do Cs é fascinante: como pode um alargamento do eleitorado mudar a face de um partido?