Investigada fraude no Autódromo do Estoril que terá lesado Estado em seis milhões

Caso está a ser investigado pelo Ministério Público desde 2016 e ainda não há arguidos. Em causa está a contratação de uma empresa para organizar a realização do Moto GP de 2012.

Foto
Autódromo do Estoril é detido a 100 por cento pelo Estado Nuno Ferreira Santos

O negócio que envolveu a realização da MotoGP 2012 no Autódromo do Estoril pode ter lesado o Estado, que detém a empresa Circuito do Estoril (CE) a 100% através da sociedade Parpública, em cerca de seis milhões de euros.