Marcelo Rebelo de Sousa vai à Madeira esta sexta-feira

O Presidente da República já tinha afirmado ainda durante esta quarta-feira que se iria deslocar ao local do acidente que matou 29 pessoas.

Foto
Miguel Manso

O Presidente da República irá sexta-feira à Madeira, onde um acidente com um autocarro de turismo provocou pelo menos 29 mortos e 22 feridos, esta quarta-feira. Ainda no dia do acidente, Marcelo Rebelo de Sousa ponderou deslocar-se para o local, mas acabou por cancelar a ida de modo a ceder os Falcon da Força Aérea para o eventual transporte de feridos para Portugal Continental, como noticiou o PÚBLICO.​

A viagem de amanhã [sexta-feira] foi confirmada pelo gabinete da Presidência da República ao PÚBLICO e acontece pelas 11h30. A visita deverá ser curta e Marcelo regressará a Lisboa no final do dia.

O acidente ocorreu na quarta-feira cerca das 18h30, numa curva junto ao cruzamento entre a Estrada da Ponta da Oliveira e a Rua Alberto Teixeira, perto do Hotel Quinta Splendida, quando o autocarro da SAM — Sociedade de Automóveis da Madeira, fretado pela Travel One, caiu por uma ribanceira, capotando e acabando por ser travado por uma casa.

Já durante esta manhã, Marcelo Rebelo de Sousa falou ao telefone com o seu homólogo alemão, Frank-Walter Steinmeier, que agradeceu a mensagem de condolências, bem como a rapidez e eficácia dos serviços de emergência e hospitalares na Madeira, lê-se em comunicado da Presidência da República.

Ainda durante esta quinta-feira, o ministro Alemão dos Negócios Estrangeiros, Heiko Maas, será recebido na Madeira pelo ministro Augusto Santos Silva e pelas autoridades locais.