A Thatcher privada vai a leilão em Maio

São 170 lotes que a Christie’s leiloa, em Maio, mês do 40.º aniversário da eleição da primeira primeira-ministra mulher em Inglaterra.

Margaret Thatcher
Foto
Margaret Thatcher Reuters/ Dylan Martinez

Livros, quadros, peças de roupa e acessórios — pertenceram a Margaret Thatcher e poderão ser licitados no início do próximo mês. São ao todo 170 lotes que a Christie's leva a leilão, entre 2 e 9 de Maio, marcando o 40.º aniversário do primeiro dia de Thatcher como primeira-ministra da Grã-Bretanha, a 4 de Maio de 1979.

As peças variam entre artigos privados e objectos relacionados com o tempo em que esta ocupou o cargo de primeira-ministra (até 1990). O valor estimado dos lotes vai de 100 libras a 15 mil libras (116 euros e 17,4 mil euros, respectivamente) e o leilão decorre online. Todo o catálogo de peças já pode ser consultado no site da leiloeira.

PÚBLICO -
PÚBLICO -
PÚBLICO -
Fotogaleria

Entre elas estão, por exemplo, o anel de ouro com uma pedra ametista que Thatcher​ usou no dia em que tomou posse, a pulseira que levava no pulso quando se encontrou com Nelson Mandela, a agenda do seu último dia em funções (28 de Novembro de 1990), um globo e a base que usava na sua secretária.

PÚBLICO -
Foto
DR

Este será o terceiro de uma trilogia de leilões, organizados no seguimento da morte de Thatcher​, em 2013. Os lotes dos dois primeiros foram foram todos vendidos, resultando num total de 6,2 milhões de euros, excedendo as expectativas da leiloeira.

“Clientes de todo o mundo aproveitaram a oportunidade de adquirir peças que são uma ideia sobre a vida da primeira primeira-ministra mulher de Grã-Bretanha, que foi uma gigante política no palco internacional, afirma Adrian Hume-Sayer, director e especialista de colecções privadas da Christie's, em comunicado.

Sugerir correcção