Club Med e Lacoste numa parceria a pensar nas memórias familiares

As duas marcas francesas uniram forças e lançaram agora um projecto em vários resorts baseado no ténis e no golfe.

Fotogaleria
Os tenistas Julien Benneteau e Arnaud Di Pasquale, as golfistas Justine Dreher e Gwladys Nocera DR
Fotogaleria
Club Med da Balaia Pedro Cunha

No relvado do Club Med da Balaia, no Algarve, estão alguns jogadores de golfe e de ténis que percorrem os circuitos internacionais. Nesta sexta-feira estiveram a ensinar, a adultos e crianças, alguns segredos das suas modalidades. A maior parte das pessoas que circula no resort enverga um polo da Lacoste com uma marca do Club Med na manga direita. A peça de roupa dá corpo ao protocolo assinado pelas duas marcas francesas, em 2017, de fazer chegar o estilo de vida gaulês ao mundo, anunciam os responsáveis das duas empresas numa cerimónia que terminou com um brinde com champanhe.

Jean-Louis Delamarre, o dirigente da Lacoste responsável pelo retalho, lembra o protocolo assinado em Abril de 2017 pelas duas marcas “emblemáticas” e explica a importância de criar uma actividade a pensar nas famílias. Um terço das pessoas recebe como herança familiar um desporto ou uma actividade que fazia em criança com os pais ou que os via fazer. Daí a criação desta iniciativa que junta pais e filhos em torno de um desporto.

O golfe e o ténis foram os escolhidos – a Lacoste participa com a selecção dos seus embaixadores para a modalidade e o Club Med com o local onde as famílias podem praticá-las. Foi assim, ao longo desta semana, que culminou com a entrega de prémios aos participantes. Será assim em eventos futuros noutros resorts do grupo. Côte d’Azur, em Julho, é o próximo, anuncia o CEO do Club Med, Henri Giscard d’Estaing.

No Algarve estiveram as golfistas Justine Dreher e Gwladys Nocera; e os tenistas Julien Benneteau e Arnaud Di Pasquale. Os quatro são patrocinados pela Lacoste. “Queremos transmitir às famílias o know how dos atletas, mas também o estilo de vida francês”, declara Jean-Louis Delamarre durante a cerimónia.

Esta semana temática, dedicada ao desporto, está na base do ADN do Club Med, defende Giscard D’Estaing, no evento para o qual as marcas chamaram jornalistas de 11 países: “Queremos transmitir valores e um estilo de vida ao ar livre, para que as famílias vivam uma experiência única, graças às actividades desportivas desenhadas a pensar nelas, para que levem memórias imersivas.”

Há dois anos, a marca do crocodilo criou uma colecção-cápsula que só é vendida nos resorts do Club Med, na qual se destacam os pólos em branco, vermelho e azul escuro. Este ano foi acrescentado o azul-bebé. Em comum, na manga direita, o número 45, simbólico para o Club Med.

O programa chama-se Amazing Weeks e, além do golfe e do ténis, há outras modalidades para experimentar como o esqui, water ski, vela, BTT ou trail. Incluídas nestas semanas há outras propostas para as famílias menos desportivas: a fotografia e uma semana de bem-estar.

A Fugas esteve no Club Med da Balaia a convite do Club Med