João Sousa caiu no ranking e foi “esmagado” no Mónaco

João Sousa foi incapaz de contrariar a superioridade de Medvedev, perdendo por duplo 6-1, em menos de uma hora de confronto.

Sousa em acção em Monte Carlo.
Foto
Sousa em acção em Monte Carlo. LUSA/SEBASTIEN NOGIER

O tenista português João Sousa desceu oito posições na classificação do ténis mundial, ocupando agora o 51.º lugar, numa tabela liderada pelo sérvio Novak Djokovic e que não sofreu alterações no top-20.

No topo da tabela, seguem, logo atrás de Djokovic, o espanhol Rafael Nadal e o alemão Alexander Zverev, segundo e terceiro colocados, respectivamente. No sector feminino, a actualização desta segunda-feira também não trouxe alterações no topo da hierarquia, com a liderança a continuar a pertencer à japonesa Naomi Osaka, com a romena Simona Halep a seguir na segunda posição e a checa Petra Kivtova na terceira.

Eliminado no Mónaco

Nesta segunda-feira, o português foi, ainda, eliminado do torneio Masters 1000 de Monte Carlo, ao perder com o russo Daniil Medvedev, na primeira ronda do torneio monegasco, após dois parciais “supersónicos”.

João Sousa foi incapaz de contrariar a superioridade de Medvedev, que ocupa o 14.º lugar na hierarquia da ATP e é 10.º cabeça de série na terra batida Monte Carlo, perdendo por duplo 6-1, em menos de uma hora de confronto (55 minutos no total dos dois sets).