Seca. O peixe não sobe os rios e a água não chega para as pastagens

No Guadiana falta peixe e no Sado há barragens com um volume de armazenamento de apenas 12% e 16%.

Nas culturas de sequeiro, só a chuva pode ajudar a minorar perdas que se prevêem “em grande escala”. Quem depende da rega, também não tem garantias. A seca não escolhe quem vai afectar e isso sente-se nas margens dos dois rios.

Clique aqui para ver a reportagem completa.

Sugerir correcção