Nelson Garrido
Foto
Nelson Garrido

Alexandre “engraxa” sapatilhas há dois anos — e agora até tem um serviço de urgência

A Engraxat já tem espaço físico em Vila Nova de Famalicão e Alexandre Marques, de 25 anos, oferece um serviço de urgência que resolve “na hora” o problema de um qualquer par de sapatilhas.

Engraxar sapatilhas, reinventando a actividade do avô, foi a oportunidade de negócio agarrada há dois anos por um jovem de Famalicão, que agora abriu uma loja própria naquela cidade, sinal do “sucesso” alcançado. Alexandre Marques, de 25 anos, admitiu à Lusa que a história da Engraxat vem fazendo jus à expressão “primeiro estranha-se, depois entranha-se”.

“No início, havia aquela dúvida sobre quem estaria por detrás do negócio, se a engraxadela funcionaria ou não, se seria financeiramente compensadora”, referiu. “Mas, entretanto, a coisa foi passando de boca em boca e hoje posso dizer que o negócio está a correr bem”, referiu.

Neto de engraxador, Alexandre trabalhou alguns anos em lojas de desporto, sendo frequentemente questionado pelos clientes sobre como limpar as sapatilhas. Foi então que lhe surgiu a ideia de se tornar “engraxador de sapatilhas”, tendo começado a estruturar o plano de negócios da Engraxat em Setembro de 2016, com o apoio da equipa do Gabinete de Apoio ao Empreendedor do Famalicão Made IN.

O negócio foi lançado em Março de 2017, como o P3 noticiou, e, no último sábado, 6 de Abril, Alexandre abriu uma loja própria, em Famalicão. “Agora, os clientes podem deixar directamente aqui as suas sapatilhas para engraxar”, referiu. No entanto, o calçado pode ainda ser deixado em vários locais da cidade, como um café, uma barbearia, uma escola de dança, um ginásio e uma academia de futebol. Em três ou quatro dias, as sapatilhas ficam prontas, “a brilhar”.

PÚBLICO -
Foto
Alexandre Marques, de 25 anos, vive em Vila Nova de Famalicão. Nelson Garrido

“A engraxadela acaba por compensar ao cliente, já que há sapatilhas que são extremamente caras e que, depois de passarem pelas minhas mãos, ficam como novas”, explicou. A Engraxat tem mesmo um “serviço de urgência”, que resolve “na hora” o problema de um qualquer par de sapatilhas pelo qual o cliente não possa esperar.

No fundo, este serviço segue, “de certa forma”, o espírito dos tradicionais engraxadores de rua, em que o cliente, ao fim de poucos minutos, sai com os sapatos a brilhar. No entanto, a Engraxat vai além disso, apostando na total reinvenção da actividade de engraxador. Ali, o cliente pode optar pela limpeza clássica, relativa apenas ao exterior da sapatilha, ou pela limpeza profunda, que inclui limpeza exterior, interior, serviço de fragrância e desodorização.

A empresa vai também começar a trabalhar com uma transportadora a nível nacional, para recolher e entregar as sapatilhas em qualquer ponto do país, sem que a pessoa tenha de se deslocar a Famalicão.