Ípsilon

Artes

Berardo quis vender pinturas de Richter, Mondrian e Bacon e outros “troféus” da colecção

Na lista de 16 obras que tentou enviar para o Reino Unido para “eventual venda” estão algumas das peças mais significativas do Museu Berardo. Faria sentido o Estado manter o interesse na colecção sem estas obras? Há quem diga que sim e quem diga que não.