Rota do Petisco volta ao Algarve com mais de 250 restaurantes

Celebra-se a gastronomia algarvia, de 24 de Abril a 26 de Maio, com petiscos e doces regionais. O menu com bebida fica por 2/3 euros em locais por todo o Algarve. O valor do passaporte da rota reverte para projectos locais.

Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Curry
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR

São quatro semanas para viajar pelo Algarve ao sabor da gastronomia algarvia entre finais de Abril e de Maio. A Rota do Petisco está de volta, para uma 9.ª edição, e já estão garantidos mais de 250 restaurantes espalhados pela região, incluindo casas em Lagos, Portimão, Silves, Faro ou Tavira.

Organizada pela Teia d’Impulsos, uma associação sem fins lucrativos com sede em Portimão, a rota, inspirada nos produtos locais e nas tradições gastronómicas da região, propõe menus para degustar petiscos e doces regionais entre 2 e 3 euros com bebida. “É um evento de celebração dos saberes e sabores algarvios, reinventados para este evento”, resume Luís Brito, da associação, sobre esta iniciativa que quer promover a restauração e o comércio local, divulgar a gastronomia tradicional do Algarve e dar mais dinâmica à região “fora da época alta”.

PÚBLICO -
DR
PÚBLICO -
DR
Fotogaleria
DR

Para participar na rota, há que adquirir um passaporte: custa 1,5 euros e o valor “reverte, na integra, para diferentes projectos sociais locais”, informa a organização. A cada restaurante visitado, o passaporte ganha um carimbo e, ao fim de 12, o seu portador habilita-se a prémios, que serão sorteados no final do evento.

Entre os participantes na rota algarvia este ano encontram-se, conforme destacam em comunicado, a Pousada de Sagres; o Hotel Tivoli ou o Mar d’Estórias em Lagos; o Faina Museu, a Taberna de Portimão ou o Maria do Mar em Portimão; o Recanto dos Mouros em Silves, o Come na Gaveta e o Água Salgada em Tavira; o WAX ou o Chalavar de Faro.

O roteiro inclui uma “ementa de autor” –​ a Rota dos Chefs –​, com “pratos confeccionados por alguns dos mais conceituados chefs da região”, destacando-se aqui Megan Melling (Mar d’Estórias), José Moura (Tivoli Lagos) ou Nuno Martins (Restaurante Vista Rio – Aguahotels Riverside). Os preços são os mesmos da Rota do Petisco geral. Há ainda outra “ementa alternativa” para os mais mais novos, precisamente a Rota dos Pequeninos, onde se prometem sugestões adaptadas ao seu gosto.

Os passaportes para participar na rota estarão à venda nos postos de informação e estabelecimentos aderentes.

A lista completa dos restaurantes aderentes e outras informações poderão ser consultadas no site oficial da Rota do Petisco (mais perto da abertura da rota, já que neste momento ainda não estavam disponíveis).