Ípsilon

Televisão

A Guerra dos Tronos é a série que merecíamos

Um blockbuster televisivo, uma série de fantasia impiedosa, violenta, sexual, problemática, chega agora ao fim — a partir de dia 15. É uma rara experiência global no meio de demasiada TV. Leva-nos de volta à forma como costumávamos ver televisão — um passado em que todos viam a mesma coisa, semanalmente, e podiam comentá-la no dia a seguir na escola, no trabalho, no café. É um paradoxo nestes tempos em que as opções são ilimitadas e a fragmentação dos públicos inevitável. Sem spoilers.