Ípsilon

História

Nas obras públicas “a colonização portuguesa fez-se sobretudo de pequenos gestos”

São centenas de documentos inéditos, entre relatórios, mapas, gráficos, cadernos de campo e fotografias. Abarcam 100 anos da colonização portuguesa em Moçambique e Angola e podem ver-se em Lisboa até 18 de Abril. Com visitas guiadas e workshops apetecíveis.