Portugal convida Guterres para Conferência da Juventude em Lisboa

Encontro regressa a Lisboa, depois da reunião realizada em 1998. Secretária de Estado dos Assuntos Europeus reuniu com o secretário-geral da ONU.

Foto
António Guterres Reuters/CARLO ALLEGRI

O Ministério dos Negócios Estrangeiros convidou o secretário-geral das Nações Unidas (ONU), António Guterres, a estar presente na Conferência Mundial de Ministros responsáveis pela Juventude, que se realiza em Lisboa a 22 e 23 de Junho.

A Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias, que esteve esta quinta-feira na sede da ONU, em Nova Iorque, em representação do ministro dos Negócios Estrangeiros, disse à Lusa que convidou António Guterres para a Conferência Mundial de Ministros da Juventude, que está a ser organizada por Portugal, pela ONU e pelo Conselho Nacional da Juventude.

Ana Paula Zacarias sublinhou que a reunião dos ministros da Juventude vai voltar a Portugal 21 anos depois, sendo que a última conferência teve lugar em Lisboa, em 1998. A diplomata portuguesa identificou, na reunião com António Guterres, “três grandes momentos” em que Portugal vai aumentar laços de cooperação a nível internacional: a Cimeira do Clima, a 23 de Setembro, em Nova Iorque, a Conferência dos Oceanos, a 20 e 21 de Setembro, em Lisboa, e a Conferência Mundial de Ministros responsáveis pela Juventude, a 22 e 23 de Junho.

A Secretária de Estado dos Assuntos Europeus participou, esta quinta-feira, na reunião de alto nível sobre o clima e desenvolvimento sustentável da ONU, que juntou cinco chefes de Estado e 25 membros do governo de vários países. Ana Paula Zacarias disse que o encontro serviu como preparação para a Cimeira do Clima, em 23 de Setembro, para a qual se pretende que cada país traga planos concretos de acção para a mitigação dos efeitos das alterações climáticas.

A diplomata defendeu que na cimeira “haja a ideia de planos e haja a concretização desses planos” em diversas áreas, dando o exemplo das energias renováveis, melhoria de eficiência energética e “em todos os domínios que permitam reduzir as emissões com efeito de estufa”.

“A ideia da sustentabilidade tem de estar presente nos modelos de negócios, no financiamento, e na criação de um modelo de sociedade que seja mais justo, mais equilibrado, que permita às pessoas viver de maneira mais sustentável e feliz”, considerou Ana Paula Zacarias.

A Secretária de Estado acompanhou, ainda, as conversações entre o secretário-geral António Guterres e o ministro da Defesa de Portugal, João Gomes Cravinho, sobre contribuições financeiras e militares em várias missões de paz da ONU, como na República Centro-Africana, Mali, Sudão, Colômbia e Venezuela.

Portugal está empenhado em encontrar “uma solução política” para a Venezuela, com a organização de novas eleições e para fazer chegar de uma forma “neutra e correcta”, assistência humanitária a milhares de necessitados.

Sugerir correcção