Entrevista

“O euro foi o maior bónus que a Europa ofereceu à Alemanha”

António Costa vê a Europa do lugar que ocupa à mesa onde se tomam todas as grandes decisões europeias. O que lhe dá uma visão, ao mesmo tempo, mais optimista sobre o futuro, mas mais realista sobre o presente. A sua batalha foi e é pela conclusão de uma reforma da zona euro que garanta a convergência real entre as suas economias. O primeiro-ministro entende que Portugal só pode ter futuro como país aberto ao mundo numa Europa aberta ao mundo. Nona entrevista da série A Europa e o Presente.