Opinião

Sorry my Queen

Quando é que começará a discussão urgente da dívida de Portugal para com Madonna?

A melhor troca de SMS da semana foi entre Madonna (que Basílio Horta proibiu de cavalgar no interior dum palacete do século XIX) e o agente dela (que não consegue que Basílio Horta lhe atenda o telemóvel), algures em Londres.

A história está no Correio da Manhã de sábado, escrita por Miguel Azevedo e inclui uma preciosa fotografia dos SMS. Com a devida vénia reproduzo-a aqui com erros e tudo.

Agente: Sorry my Queen...I been doing my best. I called a lot of people and texted everybody. Unfortunately the man to decide is not available but in some point he will.

Madonna: Tomorrow is too late we are shooting in a different place.

Madonna: Never mind.

Agente: I'm still trying.

Agente: I wished u has told me yesterday.

Madonna: I gave so much to this country already and when I ask for a simple favour, in fact to show Portugal to the world, the answer I get is no! This is Your fault as you convinced me to move here.

O CM não diz quem é o agente. Estará a proteger a identidade do homem que convenceu a Madonna a mudar-se para aqui?

No desafio permanente entre a Câmara de Lisboa (15 lugares de estacionamento nas Janelas Verdes) e a Câmara de Sintra (entrada em palacete negada a um cavalo) Sintra está a ganhar 1-0.

Quando é que começará a discussão urgente da dívida de Portugal para com Madonna? Ela recusa-se a falar em verbas. Diz apenas que “já deu tanto”.

Até quando a impediremos de mostrar Portugal ao mundo?

Ela tem razão: Portugal em 2019 é Madonna a cavalgar furiosamente pelos salões da Quinta Nova da Assunção.