Alemanha

Wolfgang Schäuble e a austeridade: “Podíamos ter feito as coisas de forma diferente”

Antigo ministro alemão das Finanças admite falhas na resposta à crise das dívidas soberanas mas insiste que a Grécia não devia ter entrado na zona euro. Schäuble expressa preocupação perante o crescimento do populismo mas recusa qualquer responsabilidade das políticas de austeridade, apontando antes o dedo a Merkel e à imigração.