TAP retoma voos para Caracas

A companhia tinha suspendido o voo da passada terça-feira por razões de segurança. Este sábado retoma os dois voos por semana para a capital da Venezuela.

Foto
Rui Gaudencio

A TAP revelou nesta sexta-feira que retoma este sábado os voos regulares para a capital da Venezuela por entender que estão “repostas as condições operacionais do aeroporto de Caracas”.

“O voo agendado para amanhã irá realizar-se como previsto”, revelou ao PÚBLICO fonte do gabinete de comunicação da transportadora aérea portuguesa.

A TAP cancelou o voo que tinha agendado na passada terça-feira, por considerar que na altura não estavam reunidas as condições operacionais no aeroporto” da capital da Venezuela. A companhia aérea disse ainda ao PÚBLICO que iria “analisar muito de perto a evolução da situação para atempadamente decidir” sobre a realização do outro voo semanal, agendado para este sábado.

Com o apagão que se verificou em Caracas e noutras cidades venezuelanas a TAP entende agora existirem condições para retomar os voos.

O anúncio do cancelamento do início da semana surgiu também depois de, no passado domingo, uma tripulação da companhia espanhola Air Europa ter sido atacada a tiro num hotel de Caracas. Presumíveis assaltantes, que se deslocavam de moto, tentaram obrigar a parar o furgão no qual a tripulação fez a viagem entre o aeroporto e o hotel, onde se encontrava a equipa que a deveria render. Os elementos da Air Europa estiveram mesmo sequestrados no hotel, antes de voltarem todos ao aeroporto e partir para Espanha. Uma situação que a TAP diz estar a acompanhar “atentamente”.

Os voos da TAP para Caracas estão a ser operados pela Euroatlantic – ou seja, as tripulações não são da TAP. Essas tripulações pernoitam na capital da Venezuela depois dos voos Lisboa-Caracas.

A empresa revelou que “está a facilitar a troca de datas para viajar até ao dia 31 de Março sem pagamento da taxa de alteração”.