I'm a fighter: Joana tem 18 anos e é bi-campeã mundial de muay thai

Atingiu a maioridade há poucos meses e já carrega ao peito quase uma mão cheia de medalhas de ouro. Joana Alves, atleta de muay thai e kickboxing, é uma jovem portuguesa que tem conquistado o mundo desportivo numa modalidade “onde 80% dos atletas são homens”. Apesar disso, a bi-campeã europeia e mundial de muay thai na categoria de juniores não tem ainda o estatuto de atleta. Lutadora, dentro e fora do ringue, a jovem chamou a atenção do cineasta e fotógrafo Tiago Xavier, de 33 anos. Ao longo de 2018, o freelancer produziu I’m a fighter (Sou uma lutadora, em tradução livre), uma curta-metragem que dá a conhecer o trabalho de Joana.

Com o objectivo de “mostrar o sacrifício e a dedicação” da atleta portuguesa, Tiago compilou algumas imagens dos treinos de Joana acompanhadas por um guião em que conta a sua história. O resultado de duas semanas de filmagens, repartidas ao longo de 2018, foi um vídeo de três minutos onde as palavras “persistência”, “sacrifício”, “luta”, “esforço” e “sonho” se unem para caracterizar a atleta e o percurso, iniciado em 2014, nas modalidades de muay thai e kickboxing.

“O meu maior sonho é conseguir a distinção de atleta para poder continuar a fazer aquilo que mais gosto: subir ao ringue e competir”, remata Joana no vídeo. É que, para Tiago, “não há grandes apoios para este tipo de atletas em Portugal”. Por isso, espera que I’m a fighter chegue "ao maior número de pessoas” para que a lutadora consiga patrocínios e apoios para poder continuar a competir no estrangeiro. A curta-metragem, disponível no YouTube, já conta com mais de 23 mil visualizações. 

Sugerir correcção