Pixabay
Foto
Pixabay

Neste festival de Braga, o veganismo é cabeça de cartaz

Primeira edição do Festival Vegan de Braga acontece a 30 e 31 de Março, no Espaço TOCA. A entrada é livre para todos os que quiserem descobrir mais acerca deste estilo de vida "amigo do ambiente".

O primeiro festival dedicado ao veganismo em Braga ultrapassa a concepção de uma simples dieta alimentar: desde a venda de refeições a concertos, a cidade fica “mais verde” no último fim-de-semana de Março, 30 e 31. A entrada é gratuita e a venda de refeições tem um cariz solidário.

“Queríamos fazer algo grande para mostrar o desdobramento do veganismo, ou seja, mostrar como é fácil ser vegan”, salienta Elda Fernandes, do movimento Braga para Todos, um dos organizadores, em comunicado. Para isso, o evento apresenta uma ementa com almoços e jantares económicos – entre os cinco e os seis euros – e conta ainda com uma secção dedicada à venda de produtos vegan. O festival já tem a presença confirmada de dez expositores, mas quem quiser participar ainda se pode inscrever até 15 de Março.

As palestras e debates, além da visualização de documentários, prometem momentos de reflexão acerca “do veganismo e da sua importância em questões ambientais e no bem-estar animal”. A agenda do Festival Vegan inclui outras actividades, como workshops de comunicação para activistas e ainda concertos. ​O cartaz final, com os oradores, expositores, ementas e artistas musicais presentes, será divulgado brevemente.

O festival faz parte do projecto Braga Vegan, que resulta de uma parceria entre o movimento cívico Braga para Todos e as associações de defesa animal Braga Animal Save e Abandoned Pets. As receitas das vendas de refeições vegan revertem para acções de solidariedade e outros projectos de protecção dos animais na cidade. Em 2018, Braga acolheu o primeiro São João Vegan, cuja segunda edição já está agendada para o próximo mês de Junho.

A iniciativa não é única no país. Em 2018, Lisboa estreou "o maior evento vegano da Europa" — o VeggieWorld —, enquanto o VeggieFest caminha para a terceira edição no Porto. A aposta nestes eventos condiz com a crescente preferência pelas dietas vegetarianas em Portugal. Em Setembro de 2017, de acordo com um estudo da Nielsen, havia 120 mil vegetarianos no país, quatro vezes mais do que em 2007.