Pet

Em Israel, há um refúgio para animais com deficiência

Nir Elias/Reuters
Fotogaleria
Nir Elias/Reuters

Burros de três pernas, vacas com próteses, ovelhas de pernas ligadas ou quaisquer animais que tenham alguma deficiência. Há uma nova quinta em Olesh, Israel, que dá um novo rumo à vida de animais abandonados, maltratados ou em risco de acabarem em algum matadouro. Chama-se Freedom Farm Sancturary e resgata animais que, na sua maioria, se destinavam à indústria alimentar.

Com o Freedom Farm Sanctuary espera-se que as pessoas sejam "capazes de ver os animais como criaturas livres", com as quais se pode "viver lado a lado em harmonia, sem os ferir, abusar ou explorar”, dizem no site. Funcionando como o único “refúgio de animais” em Israel, país que se está a tornar um "império do veganismo" de acordo com este santuário, a quinta conta com o apoio de voluntários que alimentam, cuidam e tratam das centenas de animais abrigados que circulam livremente por lá.

A ideia é “criar uma mudança de consciência, na maneira como os humanos vêem a Terra, os animais e a eles próprios”. Assim, para além de se ser voluntário, é possível realizar visitas guiadas ao local. E porque “conhecimento é poder”, acredita a equipa responsável pela quinta, em breve será possível assistir a palestras ou workshops sobre o impacto da indústria alimentar nos animais, no meio ambiente e na saúde humana. "Esperamos ser capazes de criar gerações futuras que sejam mais gentis e morais, que procurem justiça e tenham o coração aberto à empatia com a dor do outro", acrescenta a equipa. 

Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Nir Elias/Reuters
Sugerir correcção