Zara vai abrir três lojas pop-up com calças de ganga personalizáveis

A personalização foi considerada a tendência de 2018 num estudo da BoF-McKinsey Global Fashion.

Foto
Reuters/STAFF

No final deste mês de Março, a Zara vai disponibilizar um novo serviço de personalização na Europa, que vai permitir aos consumidores adicionar nomes bordados às gangas da gigante espanhola.

Algumas marcas como a Adidas, a Nike, a Levi's ou a Pepe Jeans já oferecem este serviço há uns anos, disponibilizando aos consumidores a possibilidade de adicionar pormenores às roupas e sapatos que adquirem. Embora seja considerada uma tendência, a opção não trouxe muitos lucros.

Agora, é a vez da Zara propôr este serviço nas suas novas lojas de Amesterdão, Barcelona e Milão. Nessas haverá 13 modelos para personalização, que podem custar entre 19,95 euros (calções) e 39,95 euros (casaco). Esta quarta-feira, a Zara confirmou que as peças estarão à venda a partir de 27 de Março. 

Para testar a procura inicial, os clientes de Itália, Holanda e Espanha terão a oportunidade de personalizar os artigos das linhas disponíveis online e escolher recebê-los em casa ou levantá-los em loja, declarou o porta-voz da marca da Inditex. 

Um estudo realizado pela BoF-McKinsey Global Fashion identificou a personalização do vestuário como a tendência do ano passado. Esta pode variar entre as pequenas modificações, como um bordado, até produtos desenhados na totalidade pelo consumidor, como acontece nas lojas pop-up da Adidas Knit for You, que em poucas horas criam um produto adaptado a cada cliente. 

Sugerir correcção