Quando conduzir um carro é uma experiência nova

Conduzir até pode ser banal mas sabia que o design de um automóvel pode mudar a sua experiência ao volante? Do conforto a bordo à segurança da condução, as linhas de um carro fazem toda a diferença.

Foto
D.R.

O design faz parte da nossa vida e, muitas vezes, nem nos apercebemos da sua existência. Mas, se olharmos com atenção à sua volta percebemos, facilmente, que este é essencial para vivermos com uma melhor qualidade de vida. Das garrafas de água ergonómicas às cadeiras que se adaptam à curvatura natural das nossas costas, passando pelas canetas e tesouras que se ajustam perfeitamente às nossas mãos, existem objectos do dia-a-dia que aliam as suas linhas à finalidade e se transformam em clássicos do design funcional. São práticos, úteis e indispensáveis. No quotidiano, o design tem a responsabilidade de criar novas realidades e futuros desejáveis mas nem sempre é fácil responder a milhares de exigências de utilização e homologação de produto.

Isto ganha especial relevância no que ao sector automóvel diz respeito e sobre o qual muito do traço inicial do esboço que lhe dá origem vai caindo ou sendo vencido até ao produto final. Contam-se pelos dedos das mãos as excepções que preservam a filosofia do esboço inicial e ficam para a história. Um dos exemplos mais recentes é a nova (quinta) geração do RAV4 da Toyota. Basta olhar para ele para sentir a presença da filosofia que o desenhou, do primeiro esboço para o resultado final. “Como?”, pergunta (e bem). Através do chamado design cross-octogon que, sem meias medidas, foi pensado para atrair pelas duas linhas. No fundo, o RAV4 foi desenvolvido para ser conduzido com prazer e foi desenhado para se destacar pelo design. Porque conduzir um carro não tem de ser algo banal.

PÚBLICO -
D.R.

Quando conforto e segurança se juntam ao design

O design inspirador, por dentro e por fora, sustenta a qualidade de condução confiante ao não reagir adversamente a perturbações e ao responder intuitivamente durante a experiência de condução. Pela primeira vez, a plataforma TNGA da Toyota foi utilizada num SUV e tornou o RAV4 híbrido mais divertido de conduzir ao privilegiar o conforto e ao comunicar uma sensação de controlo. Por exemplo, a forma e a localização do depósito de combustível foram alterados para beneficiar quer o comportamento quer a estabilidade. Também o depósito está agora localizado lateralmente na frente do eixo traseiro de modo a que o seu peso seja distribuído uniformemente entre as rodas, contribuindo para um desempenho estável no resultado final.​

Com uma aparência totalmente nova, o Toyota RAV4 combina uma esté;tica marcante com as verdadeiras características dos SUV — uma das grandes tendências de automóveis para 2019. No processo do esboço inicial, garantir a melhor visibilidade na estrada foi uma consideração importante e, por isso, o capot está mais baixo para adicionar dois graus ao campo de visão frontal do condutor. Como um belo exemplo de design funcional, as linhas exteriores devem transpor emoção para o resultado final e, por isso, os detalhes também são influenciados por formas regulares e poligonais que emanam força e coerência. Há um efeito semelhante na parte traseira, onde a linha horizontal criada pelas ópticas traseiras e pelo óculo posterior, atrai o olhar para as rodas traseiras e expressa a influência de um "polígono" no desenho.

PÚBLICO -
D.R.

Uma harmonia perfeita de estilo, segurança e capacidade que combina com exclusiva motorização electrificada com a tecnologia híbrida Toyota. Assim pode usufruir de todos os benefícios do motor eléctrico sem qualquer inconveniente. Aliado a isto, o seu interior confortável e espaçoso permite viajar com o máximo de conforto e segurança incomparável para toda a família. Ao mesmo tempo, os sistemas de tracção integral foram consideravelmente melhorados. A prova de que o design, a paixão e os elementos certos podem (e devem) representar uma nova experiência ao volante. O RAV4 transmite ao seu condutor uma confiança em todas as situações de condução, seja auto-estrada até à condução em cidades congestionadas com restrições de emissões ou em terrenos mais acidentados. Desenhado para que, tal como as garrafas de água e as tesouras, seja prático, útil e indispensável. Mas, desta vez, o design não lhe vai passar ao lado.

Sugerir correcção