Ípsilon

Fernão de Magalhães

A primeira volta ao mundo continua a incomodar?

Os ministros dos Negócios Estrangeiros de Portugal e Espanha já vieram garantir que a candidatura da primeira circum-navegação da Terra a património mundial será feita, pelo menos, pelos dois países, mas isso não chegou para acabar com a polémica em torno desta viagem que começou há 500 anos. A que se deve tanto desconforto quando a história é só uma?