"Nunca ouvimos nada assim". Conan Osiris entre os favoritos da Eurovisão

Conan Osiris conseguiu o pleno com os 12 pontos do júri e do televoto. As apostas para a fase final da Eurovisão apontam-lhe um lugar no top 10.

Fotogaleria
Telemóveis de Conan Osiris venceu o Festival da Canção RTP
Fotogaleria
Telemóveis de Conan Osiris venceu o Festival da Canção RTP
Fotogaleria
Telemóveis de Conan Osiris venceu o Festival da Canção RTP
Fotogaleria
Telemóveis de Conan Osiris venceu o Festival da Canção RTP
Fotogaleria
Telemóveis de Conan Osiris venceu o Festival da Canção RTP
Fotogaleria
Telemóveis de Conan Osiris venceu o Festival da Canção RTP
Fotogaleria
Telemóveis de Conan Osiris venceu o Festival da Canção RTP

Depois de uma longa noite em Portimão, Conan Osiris viu confirmada a sua escolha como o representante português no Festival Eurovisão da Canção, que este ano se realiza em Telavive, Israel.

Na manhã deste domingo, a canção de Portugal já se encontrava no oitavo lugar na média das várias empresas de apostas, compilada pelo site Eurovision World. Conan estava valorizado em praticamente todos os sites, valendo a sua vitória entre 17 e os 26 euros por euro apostado (com 3% de hipótese de vitória neste momento).

Ainda antes da final, os sites internacionais que reúnem informação sobre a Eurovisão apontavam Conan Osiris como o preferido à vitória. No Wiwiblogs, o projecto de Tiago Miranda reunia a preferência de 70,56% dos leitores que participaram no inquérito, no Eurovision World eram 64% e no Escxtra 73,4%.

Pelo Wiwiblogs, Telemóveis foi descrita como "uma canção que ultrapassa fronteiras" e que "cruza vários estilos" com um "imprevisível grande instrumental". "Acredito que nem toda a gente goste desta canção (...) mas o que importa são os que a adoram, porque são eles que votam", aponta o artigo assinado por William Lee Adams, fundador do Wiwiblogs.

Matt Fredericks, do site ESCunited, classifica Telemóveis como uma canção "que é verdadeiramente diferente" e "genial", apesar de não ser uma "escolha segura". "Nunca ouvimos nada assim na Eurovisão antes", remata.

Há já vários vídeos de fãs estrangeiros, mais e menos conhecidos, a reagirem ao tema: a irreverência da canção, o estilo da composição, a performance em palco e as várias influências daquela música são postos comuns de destaque.

Mais de quatro milhões no YouTube

Na Internet, Conan é líder de visualizações entre os concorrentes ao Festival da Canção, com os vídeos das suas actuações e a gravação de estúdio a somarem mais de 4 milhões e 350 mil visualizações no YouTube.

Nas redes sociais, o tema desperta paixões e ódios. A canção "fracturante" não deixou, ainda assim, de ser a preferida dos fãs que lhes deram a pontuação máxima no televoto. O enorme burburinho que se gerou em torno da canção trouxe Conan para as luzes da ribalta, desdobrando-se em entrevistas nas últimas semanas. O Ípsilon já o tinha escolhido como uma das figuras da cultura portuguesa em 2018. No PÚBLICO, Miguel Esteves Cardoso exclamou: Viva Conan Osiris.

Ainda antes da primeira semifinal do festival, numa conversa no podcast Traz Cerveja, Osiris garantia que o seu "golo [objectivo] é sempre a criação". O cantor e compositor admitia "não curtir ir atrás da cena de que ganhar uma coisa é que é o sucesso". "Primeiro é tentar dar o melhor, depois é divertir e depois é que é o resto", dizia.

Conan Osiris vai subir ao palco da Expo Telaviv na primeira semifinal da Eurovisão, a 14 de Maio. Se ficar entre as dez melhores classificadas da semifinal, terá a oportunidade de disputar a final, a 18 de Maio.