Sete ideias para sair esta semana

Nos bastidores da folia, há palcos em festa, diversão em família e uma ou outra iguaria.

Foto
No Tempo de, Alma D'Arame

SINTRA
Do palco ao comboio

De 1 a 17 de Março
Casa de Teatro, Centro Cultural Olga Cadaval e outros locais

Portugal, Cabo Verde, Guiné, Moçambique, Brasil e Angola encontram-se na oitava edição do Periferias, o festival que a Chão de Oliva organiza para dar palco às artes performativas lusófonas. E quem diz palco diz escolas, ruas, comboios, Palácio Nacional de Queluz ou Museu das Artes. Pelo concelho de Sintra, espalham-se espectáculos de teatro, música, dança e marionetas, bem como exposições, oficinas, sessões de contos e uma feira do livro. No raio de acção do festival, que se assume simultaneamente como um projecto cultural e social, surgem, por exemplo, as histórias de mulheres em tempos difíceis do sadino Teatro Estúdio Fontenova, o mar de plástico do caldense Teatro da Rainha, a poesia visual da montemorense Alma d'Arame, os trabalhadores Armazenados da maiana Art'Imagem e o Circo Quotidiano montado pelas Marionetas da Feira. De fora chegam, entre outros, a música guineense reinventada pelos Uno, a Epifania dos brasileiros Onironautas, os efeitos da seca aos olhos dos cabo-verdianos Fladu Fla e as Migrações retratadas pelos luso-moçambicano-angolanos Artes e Engenhos.
Programa completo aqui.
Grátis a 7,50€

 

PÚBLICO -
Foto
Câmara Municipal de Castro Verde

CASTRO VERDE
Que se alumie a dança

Entradas
De 1 a 3 de Março

Danças em Entradas pelo Entrudo. É desta fórmula que resulta o Entrudanças, um festival que, no coração do Alentejo, aproveita a folia destes dias como combustível para pôr toda a família a mexer com ritmos tradicionais. Aos concertos e bailes, normalmente reservados para o final do dia, juntam-se oficinas de todo género (dança, mas também cante, taças tibetanas, magia, pinturas faciais, gastronomia, acrobacias...), animação de rua, uma exposição de fotografia, passeios, visitas a museus, sessões de contos, desfiles, debates e uma feira de artesanato. No horizonte, está sempre a cultura alentejana e, este ano, um objecto em particular: a lucerna. A candeia de barro dá o tema a esta edição como "homenagem à luz e à história da região" e, simbolicamente, "como lamparina mágica, dos desejos e sonhos que se tem para o futuro".
Horário: sexta, das 18h à 1h30; sábado, das 10h às 2h; domingo, das 9h30 às 23h30. Programa completo aqui.
Bilhetes a 15€ (dia), 10€ (só noite) e 30€ (passe), com descontos para residentes; grátis até 12 anos

 

PÚBLICO -
Foto
DR

GUIMARÃES
Diversão para gulosos

De 22 de Fevereiro a 10 de Março
Pavilhão Multiusos

Simuladores, carrinhos de choque, carrosséis de barquinhos, divertimentos com nomes tão sugestivos como Tornado Looping ou Twister. Uma pista de gelo. Matraquilhos e outros jogos. Tasquinhas a gosto. E, este ano, também uma Festa do Chocolate onde, além das tentações dos expositores, há teatro de fantoches e workshops para aprender a comer fruta a brincar ou fazer um teste de personalidade com base no chocolate preferido. Está montado o Reino da Diversão que, na véspera e no dia de Carnaval, abre excepcionalmente as portas para se transformar também em pouso para os foliões.
Horário: segunda (só dia 4), das 10h30 às 24h; terça (só dia 5) das 10h30 às 20h; quinta, das 15h às 20h; sexta, das 15h às 24h; sábado, das 14h às 24h; domingo, das 10h30 às 20h. Actividades da Festa do Chocolate ao fim-de-semana, às 17h.
Entrada livre (compra de "coroas" para as diversões no interior; preço especial de 1€ por divertimento à quinta-feira).

 

PÚBLICO -
Foto
DR

TOMAR
A festividade aguça o engenho

De 2 a 5 de Março
Linhaceira

Enquanto outros carnavais se entretêm com tradições seculares, grandes produções ou reproduções de festejos tropicais, há uma aldeia do centro do país que entrega a folia à criatividade e ao engenho dos habitantes. Na Linhaceira, há máscaras, corsos e quadros satíricos, mas nascem de um "gosto genuíno de brincar ao Entrudo", explica a associação cultural e recreativa local, posto ao serviço daquele que é apresentado como "o Carnaval mais artesanal de Portugal". A comunidade organiza-se, planeia e faz muito com pouco, sendo certo que "reciclará" um grande carro alegórico que já foi cavalo de Tróia e galinha dos ovos de ouro da troika. Os quatro dias de festa, que passam por vários bailes e pelo Grande Corso do domingo gordo, culminam numa terça-feira destinada à Grande Porcalhada (concurso para apanhar um reco em fuga), a mais um pezinho de dança e à eleição do melhor mascarado.
Horário: sábado, às 22h; domingo, às 14h30; segunda, às 22h; terça, às 15h.
Grátis

 

PÚBLICO -
Foto
Fernando Veludo/NFactos

REDONDO
Aroma alentejano

De 3 a 10 de Março
Nos restaurantes aderentes

Acalmam-se os ânimos, tiram-se as máscaras e a festa passa para o prato. É o que acontece em Redondo, onde o convívio à mesa se serve bem temperado por uma erva aromática típica da culinária alentejana. Está a decorrer a Semana do Poejo, que desafia 19 restaurantes do concelho a mostrarem a versatilidade do ingrediente, entre açordas, sopas de cação, bacalhau com feijão e versões menos habituais. Quem quiser saber mais sobre este e outros sabores do campo pode aproveitar para marcar lugar num passeio comentado (e gratuito) em busca das ervas aromáticas e alimentares que crescem na Serra d' Ossa (dia 24 de Março, às 9h30; inscrição: [email protected]).
Nos restaurantes A Torre, A Lareira, A Palmeira, A Travessa, Bélice, Casa de Pasto Sabores de Baco, Jaquim dos Leitões, O Celeiro do Pinto, O Chana, O Engaço, O Ermita, O Kébom, O Marujo, O Prato Alentejano, Os Arcos, Pôr do Sol, Porfírio's, Serra D'Ossa e Sérgio's

 

PÚBLICO -
Foto
Nelson Garrido

PORTO
Cenas entranhadas

Dia 7 de Março
Teatro Nacional São João

O Teatro Nacional São João faz Das Tripas, Coração. É este o nome da visita especial que agendou para o dia em que comemora 99 anos – contados desde a inauguração do edifício que Marques da Silva arquitectou para ser erguido no lugar do que foi destruído pelo incêndio de 1908. O público é convidado a percorrer as entranhas do teatro e a conhecer o que normalmente está vedado ao seu olhar. Pelo caminho, vai dando com intérpretes a recriar fragmentos de 24 espectáculos que ali foram produzidos. No final, assiste ao ensaio da peça O Resto Já Devem Conhecer do Cinema, de Martin Crimp, encenada por Nuno Carinhas e Fernando Mora Ramos, que tem estreia marcada para 27 de Março, Dia Mundial do Teatro.
Horário: às 18h30.
Grátis

 

PÚBLICO -
Foto
André Rodrigues

LISBOA
O que é nacional é gourmet

De 8 a 10 de Março
Campo Pequeno

Tradição, criatividade, novas tendências e produtos portugueses de qualidade tornam a harmonizar-se no Mercado Gourmet do Campo Pequeno. Todo o país está gastronomicamente representado, do porco preto alentejano às broas de mel de cana madeirense, passando pelo atum dos Açores e pela carne de vitela mirandesa. Esta última é especialidade para encontrar na Tasca do Zé Tuga, do transmontano Luís Portugal. Além de embaixador desta sétima edição do mercado, protagoniza um dos muitos show cookings agendados. Noutros estarão chefs como Joe Best com o seu Dom Maranho da Sertã, Duarte Alves com a alimentação alcalina, Tomás Pereira com The Cook Lab Project (dedicado à promoção de ingredientes e receituário nacionais) e Pedro Viana com gelados de azoto líquido e dicas para trufas e cogumelos. São três dias para conhecer, provar, aprender e levar para casa produtos como azeite, mel, queijos, fumeiro, conservas, temperos, compotas ou biscoitos, com chá, licor, vinho e cerveja artesanal para acompanhar.
Horário: sexta, das 15h às 21h30; sábado, das 12h às 21h30; domingo, das 12h às 20h30.
Bilhetes a 2€ (1€ dedutível em compras de valor igual ou superior a 10€); grátis até 11 anos

 

PÚBLICO -
Foto

EXTRA: Cinema
Da China, com amor

Numa rixa de gangues, a jovem Qiao dispara uma arma para proteger o amante, Bin. É condenada a cinco anos de cadeira. Quando sai, nada está igual ao que era... Amor, traição e lealdade num filme dramático do cineasta chinês Jia Zhang-ke. As Cinzas Brancas Mais Puras chega às salas portuguesas a 28 de Fevereiro. Mais filmes? Siga para o Cinecartaz.

 

Mais ideias para sair? Por aqui

Guia do Lazer: música, teatro, exposições, feiras, festas, miúdos e mais