Entrevista

“Os Estados-membros da UE não confiam uns nos outros”

Eurodeputado desde 2009, vice-presidente do PPE, “número um” da lista do PSD às europeias de Maio, conhecedor profundo dos centros de poder da UE, Paulo Rangel reconhece que esta crise não é como as outras. É o produto de uma crise ocidental, mas também de várias crises internas — da crise das suas democracias à crise socioeconómica que resulta da digitalização e da globalização, passando por uma crise identitária.