Torne-se perito

Bienal discute planeamento sustentável do turismo de natureza no Algarve

O património natural do Algarve, a certificação e a gestão de empresas nas actividades de turismo de natureza estarão em foco.

Foto
Pedro Cunha

A sustentabilidade é o tema da Bienal de Turismo de Natureza (BTN'19), que começa sexta-feira em Aljezur e pretende lançar à região do Algarve uma reflexão sobre o planeamento sustentável para o desenvolvimento deste território nos próximos anos.

A presidente da Associação Vicentina, que promove o evento, destacou nesta quinta-feira à Lusa a importância de um planeamento sustentável para o turismo de natureza no Algarve, depois da promoção e afirmação deste sector nos últimos anos.

"É bom que o turismo de natureza esteja a crescer, mas é importante pensar na sua sustentabilidade e num planeamento estratégico, de forma a promover um crescimento sustentável que permita manter a identidade, uma melhor qualidade da oferta e, ao mesmo tempo, respeitar alguns princípios ao nível da sustentabilidade", salientou Ana Fraga.

A BTN'19 realiza-se entre sexta-feira e domingo e prevê várias actividades dedicadas ao público em geral, mas principalmente a empresários, estudantes, operadores e profissionais da área do turismo natureza e conta com a participação de diversas entidades certificadoras no sector do Turismo.

O objectivo, segundo a responsável da Associação Vicentina, é colocar o tema do planeamento sustentável na agenda do desenvolvimento regional.

"Pretendemos aprofundar o tema das certificações para a sustentabilidade dos destinos, conhecer melhor como se processa. Temos um vasto painel de oradores, entre eles, Luigi Cabrini, o presidente da GSTC (Global Sustainable Tourism Council), a entidade internacional, que responde perante a ONU, responsável pela definição dos critérios de sustentabilidade para o turismo a nível global", referiu.

Durante os três dias desta bienal estão previstos vários debates e um total de 50 oficinas do conhecimento, sobre três grandes temáticas: o património natural do Algarve, a certificação e a gestão de empresas nas actividades de turismo de natureza.

O recinto da BTN´19, no Multiusos de Aljezur, tem ainda outros espaços dedicados a diferentes temáticas, incluindo uma área de expositores, focada em soluções empresariais em torno da sustentabilidade, que vai desde o mobiliário, equipamento reciclado, eficiência energética ou equipamentos de acessibilidade para mobilidade reduzida.

No que diz respeito à componente de animação, dispõe ainda de um espaço lúdico onde se vai realizar um arraial, além de várias actividades nas áreas da gastronomia, música e dança, relacionados com a identidade algarvia.

A realização da BTN'19 conta com o co-financiamento do programa operacional CRESC Algarve e do município de Aljezur, além de um vasto leque de parceiros, entre os quais a Região de Turismo do Algarve, Associação In Loco e Associação Terras do Baixo Guadiana.

Sugerir correcção