Luta de “sabres de luz” já é uma modalidade oficial em França

Federação Francesa de Esgrima decidiu reconhecer luta tradicional dos filmes Star Wars como modalidade de competição. Combate ao sedentarismo é o principal objectivo.

Foto
França tornou desporto oficial luta com armas icónicas da saga Star Wars Reuters/MARIO ANZUONI

Os fãs de Star Wars que sempre sonharam em participar em duelos com “sabres de luz” — as icónicas armas da saga de George Lucas — já têm um país de acolhimento. A Federação Francesa de Esgrima (FFE) anunciou a decisão de reconhecer estas lutas como um desporto de competição que se juntará ao sabre, florete e outras categorias sob a alçada da entidade desportiva gaulesa. 

Apesar de parecer uma brincadeira, o objectivo da FFE é bem sério: combater o sedentarismo dos jovens franceses. “É um problema de saúde pública. Não fazem qualquer exercício físico e apenas exercitam os polegares. Por isso é que estamos a tentar criar uma ligação entre o nosso desporto e as tecnologias modernos, para que a participação no desporto seja algo natural”, explicou à Associated Press Serge Aubailly, secretário da FFE.

Este novo desporto vai combinar a esgrima tradicional com as armas celebrizadas pelas personagens do universo Star Wars. Os “sabres de luz” serão de plástico, de modo a assegurar a segurança dos participantes. Toques na cabeça ou corpo valem cinco pontos, nos braços e pernas três pontos e, finalmente, um ponto será atribuído para cada vez que se fizer contacto com a mão dos adversários. O vencedor será o primeiro a fazer 15 pontos, ou o que tiver mais pontos durante os três minutos de duração do combate.

PÚBLICO -
Foto
Saga soma milhões de fãs globalmente LUKE MACGREGOR / REUTERS

“Quisemos que fosse seguro, que tivesse árbitro e, mais importante, que produzisse um efeito visual semelhante ao dos filmes, porque é isso que as pessoas esperam”, afirmou Michel Ortiz, organizador de um torneio de combates com “sabres de luz”, citado pelo The Guardian.

Os poucos praticantes da modalidade (serão algumas centenas) ainda não são suficientes para que este tipo de combates chegue aos Jogos Olímpicos de 2024, que se irão realizar em Paris.

Para além desta nova modalidade, também o Quidditch — jogo sobre vassouras popularizado na saga Harry Potter — tem pretensões olímpicas. Com 700 equipas espalhadas por 25 países, este “desporto” já teve direito a mais do que um Campeonato do Mundo, com a organização de fãs do universo de Hogwarts.