Teresa Pacheco Miranda
Foto
Teresa Pacheco Miranda

Há 3500 euros em prémios para a comida mais “inovadora e sustentável”

As candidaturas ao prémio Ecotrophelia Portugal 2019 podem ser realizadas até 3 de Abril. O vencedor é anunciado a 21 de Maio, na Alfândega do Porto.

As inscrições para a terceira edição do prémio Ecotrophelia Portugal estão abertas até 3 de Abril. O concurso desafia estudantes do ensino superior a criar produtos agro-alimentares inovadores e amigos do ambiente. Em equipas de dois a dez elementos, os concorrentes devem desenvolver uma ideia multidisciplinar — desde o conceito, formulação e produção, até à embalagem e planos de marketing e de negócio — assente num produto alimentar "inovador e sustentável", explica a Ecotrophelia Portugal.

A competição já existe na Europa há 19 anos, mas só chegou a Portugal em 2017. Carla Teixeira, responsável pela iniciativa portuguesa, espera que as candidaturas desta edição superem as das anteriores. "Acreditamos que, com o decorrer de mais edições, vamos ter sempre mais e melhores produtos eco-inovadores capazes de chegarem ao mercado."

Em 2017 e 2018, o concurso envolveu "mais de 150 estudantes do ensino superior, mais de 20 entidades do sistema científico-tecnológico e mais de 20 empresas". A adesão registada nos primeiros dois anos traduziu-se na criação de 32 projectos.

Em 2018, a feijoada pronta-a-comer sem substâncias de origem animal foi a vencedora, mas foram apresentados outros produtos fora do habitual, como ecobebidas à base de resíduos de queijo e "fruta feia" ou snacks salgados feitos a partir de "dréche", um subproduto da cerveja.

A iniciativa, promovida pela Portugal Foods, procura facilitar a "produção e partilha de conhecimento" entre a comunidade científica, estudantes e empresas para a inovação do sector agro-alimentar. É, para o presidente do júri, Vergílio Folhadela, uma situação em que todos saem a ganhar. "É fundamental para a academia estar próxima da realidade das empresas. Por outro lado, estas têm uma oportunidade de contactar gente nova e criativa", salienta.

Os dez finalistas da edição de 2019 são anunciados a 15 de Abril e a entrega de prémios está marcada para 21 de Maio, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto. Para as equipas que chegarem ao pódio, estão reservados prémios de 2000, 1000 e 500 euros, para o primeiro, segundo e terceiro classificados, respectivamente. O vencedor terá ainda a oportunidade de concorrer, a nível europeu, na Anuga — feira internacional do sector de alimentos e bebidas —, em Colónia, Alemanha, a 6 e 7 de Outubro de 2019.