Kaepernick poderá estar de regresso à NFL

Depois de chegar a acordo com a liga, Kaepernick poderá estar de regresso ao futebol americano. Advogado do jogador antevê regresso para breve.

Foto
O jogador está afastado da NFL desde 2016 Reuters/USA Today Sports

Colin Kaepernick, antigo quarterback dos 49ers, quer regressar à NFL – e o New England Patriots poderá ser o seu novo clube, diz Mark Geragos, advogado do jogador. A informação é avançada pela CNN, depois de uma entrevista ao advogado, em que deixou no ar a possibilidade de o seu cliente poder assinar contrato com os Carolina Panthers ou com os Patriots, vencedores do último Super Bowl.

Kaepernick está afastado dos campos desde 2016, altura em que deixou os San Francisco 49ers, depois da polémica gerada em torno dos jogadores afro-americanos que se ajoelhavam durante o hino norte-americano, em protesto contra a injustiça social.

“Não me vou levantar para mostrar orgulho por uma bandeira de um país que oprime negros e pessoas de cor”, justificava Kaepernick à época.

Na entrevista, o representante do jogador de 31 anos afirma que o seu cliente está interessado em jogar e que continua em forma.

Eric Reid, colega de Kaepernick nos 49ers, também ele um dos alvos da polémica, assinou na época passada com os Panthers, depois de um interregno no desporto.

Apesar das declarações de Geragos, o Guardian, num artigo publicado sobre a entrevista do advogado, nota que os Patriots poderão não ser a equipa que mais se adequa a Kaepernick. É que o treinador da equipa, Bill Belichick, assim como Tom Brady, quarterback da equipa do estado do Massachusetts, têm ligações a Donald Trump. 

Em 2016, os protestos dos jogadores indignaram o Presidente dos Estados Unidos, que afirmou que os jogadores que se ajoelhavam eram “filhos da mãe” e deveriam ser despedidos

Na passada sexta-feira, Kaepernick e Reid chegaram a acordo com a NFL, contudo, os termos da solução encontrada são confidenciais.