Torne-se perito

Rio escusa-se a comentar moção de censura para não dispersar atenções

Presidente do PSD só fala sobre convenção nacional do partido. "Amanhã ou depois", comentará tudo.

Rui Rio
Foto
Rui Rio Nuno Ferreira Santos

O líder do PSD, Rui Rio, escusou-se neste sábado a comentar a moção de censura ao Governo apresentada pelo CDS-PP para "não dispersar as atenções" da primeira Convenção Nacional do Conselho Estratégico social-democrata, prometendo falar "amanhã ou depois".

À chegada da primeira Convenção Nacional do Conselho Estratégico do PSD, que decorre em Santa Maria da Feira, Rui Rio foi questionado sobre a moção de censura ao Governo anunciada na sexta-feira pela líder do CDS-PP, Assunção Cristas.

"Eu hoje só vou falar de Conselho Estratégico Nacional, não vou desfocar as atenções para mais nada. Tudo o resto que queiram falar comigo, eu falo. Não é hoje. Falo amanhã, falo depois", respondeu.

Apesar da insistência dos jornalistas, o líder do PSD recusou comentar, explicando que não iria "dispersar as atenções".
"Depois do Conselho Estratégico Nacional falo de tudo mais que me queiram perguntar", prometeu.

Sugerir correcção