Vinho francês de 30 mil euros tem estreia mundial no Porto

“É um vinho raro e controverso". O Liber Pater 2015 é lançado durante a Essência do Vinho, que decorre de 21 a 24 de Fevereiro no Palácio da Bolsa.

Fotogaleria
O vinho será apresentado na Essência do Vinho, no Palácio da Bolsa Fernando Veludo/nFactos
Fotogaleria
O LIber Pater 2011 - o rótulo 2015 só sera revelado na estreia do vinho DR
Fotogaleria
Essência do Palácio da Bolsa Nelson Garrido

Tem um “preço de venda ao público de 30 mil euros por garrafa” e a sua estreia foi confirmada à Lusa pela organização da Essência do Vinho – Porto 2019.

Segundo o director da Essência do Vinho, Nuno Pires, o lançamento do Liber Pater 2015, oriundo de Bordéus, ocorrerá durante uma prova comentada pelo seu enólogo e mentor, Loic Pasquet.

“Apenas serão lançadas 240 garrafas no mundo inteiro” do Liber Pater 2015, adiantou Pires, referindo que é “um vinho único que põe em causa as regras da região francesa e rompe com as castas e até com a forma como as uvas são plantadas numa das mais emblemáticas e tradicionais regiões de vinho do mundo”.

Loic Pasquet é um engenheiro de materiais que trabalhou para a Peugeot até 2005 e decidiu ir para Bordéus fazer vinhos a partir de castas autóctones pré-filoxéricas, sustentando que são melhores do que aqueles que se fizeram depois de a praga, que atingiu Portugal na segunda metade do século XIX, ter sido debelada.

O Liber Pater – nome de uma divindade romana do vinho – “é um vinho raro e controverso e o primeiro, desde a filoxera em Bordéus e desde a classificação dos vinhos de Bordéus de 1855, a ser feito a partir de variedades nativas antigas”, acrescentou Nuno Pires.

O elevado preço de cada garrafa terá a ver com a excepcionalidade de 2015.

PÚBLICO -
Foto
O portefólio Liber Pater aguarda o tinto 2015 DR/Liber Pater

Essência Porto 2019

O evento realiza-se entre os dias 21 e 24 de Fevereiro, no Palácio da Bolsa, no Porto, e a organização afirma que estarão presentes “três mil vinhos de 400 produtores de todas as regiões vitivinícolas portuguesas” e algumas internacionais.

Os vinhos mais “raros e exclusivos” vão ser apresentados por especialistas em provas comentadas, harmonizações enogastronómicas e outras iniciativas.

Um dos pontos altos do evento será a prova Top 10 Vinhos Portugueses, na qual um painel internacional constituído por jornalistas, escanções e outros especialistas elegerá os dez melhores vinhos portugueses a partir de um universo de cerca de 60 vinhos finalistas.

A imagem da edição da Essência do Vinho deste ano, a 16.ª, foi desenvolvida por Francisco Laranjo, artista plástico e docente da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

O "mais famoso" programa de vinhos do mundo escolhe Portugal para a nova temporada