Estádio da Luz interditado, Benfica avança com providência cautelar

Decisão do Conselho de Disciplina da federação prende-se com o suposto apoio a claques ilegais.

Foto

O Estádio da Luz foi interditado por quatro jogos. A decisão foi tomada pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), na sequência de uma queixa que denunciava o apoio do Benfica a claques que não estão legalizadas. Os "encarnados" já anunciaram que vão interpor uma providência cautelar.

"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa que irá apresentar uma providência cautelar junto do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) com efeitos imediatos da decisão proferida pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, com base num processo aberto pela Comissão de Instrução da Liga Portugal que decreta a interdição do Estádio da Luz por quatro jogos", lê-se num comunicado publicado pelo clube lisboeta, no site oficial.

Na base da contestação da decisão está o facto de os "encarnados" considerarem "totalmente inaceitáveis e injustificáveis as razões invocadas". "Estamos convictos de que conseguiremos fazer valer as nossas razões no decurso deste processo", acrescentam.

O processo em questão foi desencadeado por uma queixa apresentada pelo Sporting em 2016-17, na qual denuncia o apoio do Benfica a claques não legalizadas em vários encontros. Em causa está a suposta violação do artigo 118 do Regulamento Disciplinar, que prevê penas de um a três jogos à porta fechada.