Livro reúne projectos construídos pelo arquitecto Carrilho da Graça em Portugal

A obra vai ser lançada na terça-feira, no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa.

Foto
O arquitecto Carrilho da Graça Daniel Rocha

 O livro Guia de Arquitectura Carrilho da Graça Projectos Construídos Portugal, editado pela A+A Books, vai ser lançado na terça-feira, no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa.

Trata-se do terceiro livro desta colecção, em edição bilíngue — português e inglês —, depois do lançamento de obras dedicadas ao trabalho dos arquitectos Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura.

O lançamento do guia da obra de Carrilho da Graça está previsto para as 18h30, no CCB, com a presença do arquitecto, e ao mesmo tempo será inaugurada uma instalação em vídeo Estranha Leveza — Carrilho da Graça por Nuno Cera.

A instalação, que ocupará um pavilhão projectado pelo arquitecto Carrilho da Graça, estará patente até ao dia 3 de Março no Jardim das Oliveiras, no CCB.

Nascido em Portalegre, João Carrilho da Graça, de 64 anos, galardoado com o Prémio Pessoa em 2008, é autor, entre outros projectos, da Escola Superior de Comunicação Social, concluída em 1993 — galardoada com o Prémio Secil no ano seguinte —, do Museu do Oriente, da musealização arqueológica da Praça Nova do Castelo de São Jorge, e da Escola de Música da Escola Politécnica, entre outros projectos.

O arquitecto licenciou-se na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, em 1977, ano em que iniciou a sua actividade profissional.

Foi, por várias vezes, nomeado para o prémio europeu de arquitectura Mies van der Rohe (1990, 1992, 1994, 1996, 2009, 2011, 2013), distinguido com o Prémio Valmor pelo Pavilhão do Conhecimento dos Mares (1998) e pela Escola Superior de Música de Lisboa (2008).

Ao conjunto da sua obra foram atribuídos diversos prémios, nomeadamente o Prémio da Associação Internacional dos Críticos de Arte (AICA), em 1992, a Ordem de Mérito da República Portuguesa (1999), o título de Chevalier des Arts et des Lettres da República Francesa (2010) e a Medalha da Académie d'Architecture de França (2012).

De acordo com a editora A+A Books, este projecto de guias de arquitectura "visa a divulgação, promoção e internacionalização da arquitectura portuguesa".

A coordenação editorial é de Maria Melo e de Michel Toussaint, a pesquisa e produção de Luís Filipe Fernandes, e os textos são da autoria de Marta Sequeira e de Michel Toussaint, contando com a colaboração de Ana Luísa Ferreira, Joana Carneiro, Mariana Abrantes, Matilde Ramos, Pedro Pral, tradução de Isabel Rodrigues, fotografia de Nuno Cera e design gráfico de Pedro Rufino.

Sugerir correcção