GNR vai realizar até sexta-feira acções de sensibilização contra a violência

Em cada um dos cinco dias úteis da próxima semana será abordado um tipo de violência, sendo a segunda-feira destinada à violência entre pares, a terça à violência doméstica, a quarta à violência no desporto, a quinta à violência no namoro e a sexta à violência contra idosos.

As acções traduzir-se-ão em contactos pessoais em residências, em espaços públicos e privados, sobretudo junto da comunidade escolar
Foto
As acções traduzir-se-ão em contactos pessoais em residências, em espaços públicos e privados, sobretudo junto da comunidade escolar daniel rocha

A Guarda Nacional Republicana realiza, de segunda a sexta-feira, um conjunto de acções de sensibilização direccionadas sobretudo para as pessoas mais vulneráveis a fim de alertar a comunidade para a necessidade de evitar comportamentos violentos, anunciou neste domingo a corporação.

Em cada um dos cinco dias úteis da próxima semana será abordado um tipo de violência, sendo a segunda-feira destinada à violência entre pares, a terça à violência doméstica, a quarta à violência no desporto, a quinta à violência no namoro e a sexta à violência contra idosos.

A GNR alerta que a violência pode ser exercida de várias formas (designadamente psicológica, física, emocional e sexual) e que a negligência, o abandono ou a omissão de auxílio também são consideradas formas de violência.

Para a GNR, as agressões físicas, os actos de vandalismo, o uso de armas, os furtos e os roubos encabeçam a lista de comportamentos mais preocupantes.

As acções traduzir-se-ão em contactos pessoais em residências, em espaços públicos e privados, sobretudo junto da comunidade escolar.

Com estas acções de sensibilização, a GNR pretende transmitir uma mensagem de preocupação face a tipo de criminalidade assim como comprometer-se a contribuir para a erradicar ou minimizar, criando um clima de confiança e de empatia na população e aumentando o sentimento de segurança.