A água não é toda igual e pode influenciar o nosso bem-estar

Os especialistas da Water by Lev, o primeiro Bar de Águas em Portugal e na Europa, dizem que é importante variar o consumo de águas.

Fotogaleria
As Clínicas Lev reformularam a sua antiga imagem DR
Fotogaleria
Pode disfrutar da água no Water by Lev ou comprar e levar para casa DR
Fotogaleria
Clínica Lev do Saldanha DR

A água é um dos mais importantes elementos do ecossistema: constitui cerca de 70% da superfície do planeta, uma percentagem similar àquela que compõe o corpo humano. E é essencial para a sobrevivência humana. Há quem diga que a água não tem sabor e que é toda igual, mas a marca portuguesa Lev vem provar o contrário com a criação de um “novo lifestyle”, um bar de águas – o Water by Lev – anunciado como o primeiro em Portugal e na Europa. 

Ao todo, o bar tem 60 águas, com diferentes usos e propriedades, desde as terapêuticas e detox às normais e com sabores. Chegam de vários pontos do mundo, de França, Rússia e Taiwan e são extraídas de nascentes em montanhas, de lagos ou até de oceanos (estas, com um suave sabor a sal). Os preços podem variar entre 1,75 euros e seis euros.

O conceito surgiu no final de 2018 como uma das novidades da renovação da Lev, uma empresa portuguesa que opera no sector das refeições saudáveis há 17 anos. A empresa começou por ter uma filosofia restrita, que apenas considerava o emagrecimento, para uma mais abrangente da alimentação e estilo de vida, consolidada no lema “experts em nutrição”. De acordo com Cyril Decoret, responsável da Lev, o motivo da mudança prendeu-se com o facto de a “nutrição não [ser] só o que comemos mas também, o que bebemos”. Além das águas, a marca tem também uma parceria com a Companhia Portuguesa dos Chás para lançar uma gama de quatro variedades de chás.

PÚBLICO -
Foto
Na Clínica Lev do Saldanha tem à sua disposição águas oriundas da Noruega, Itália e Rússia. DR

A água não sacia apenas a sede ou hidrata o corpo, mas a sua ingestão pode ajudar ao bem-estar, assim como a resolver problemas de digestão, renais, refere a Lev no seu site. Tudo depende dos constituintes da água, entre alguns deles o magnésio, ferro ou potássio.

Por exemplo, para os desportistas Tiago Morim, nutricionista da Clínica Lev do Saldanha, em Lisboa, recomenda águas com minerais e oxigénio pois “são as melhores” para recuperar do cansaço. Assim, e dependendo da sua rotina, também “deve evitar beber a mesma água todos os dias”, variando entre marcas, recomenda o especialista, alertando ainda para o consumo da água da torneira que deve ser intercalada com a engarrafada, para equilibrar os riscos.

Quem pensa que a água não tem sabor também está errado. De acordo com o Water Sommelier da Lev, Alexis Durand, este depende da quantidade de minerais existentes na composição química da bebida: quanto “menos minerais, menos sabor”, diz.

Para quem não está preocupado com problemas de saúde e mais focado no sabor, no que toca à selecção da água, tal como o vinho, trata-se de uma questão de “escolha pessoal”, diz ainda o sommelier. Por isso, existem pessoas “que preferem águas com sabor mais suave e outras com sabor mais pronunciado. Não há escolhas erradas”, conclui.

Para já, a carta de águas da Lev só está disponível nas lojas de Lisboa – Saldanha e Amoreiras –, em Coimbra e no Porto. Mas a marca conta estender os Bares de Águas a todos os 22 espaços espalhados pelo país, num período de dois meses. 

Texto editado por Bárbara Wong